A Grande Luz

Os anjos e as almas em torno de nós

21 JUNHO 2016,
O vôo
O vôo

Desde criança, que amo muito a Natureza e passei muito tempo nos campos, bosques, entre flores, ao longo de um lindo riacho.

Árvores, flores, água, formigas, peixes, pássaros eram todos meus amigos e eu costumava brincar e conversar com eles.

Sentia que eles conheciam o meu coração e entendiam as minhas palavras e sentia que se expressavam comigo.

Tinha a certeza de que outras Criaturas viviam lá, não as via, mas percebi-as claramente.

Sentia-me rodeada de verdadeiros amigos que amava e que me entendiam.

Aquele era o meu Lar, o meu Mundo.

Quando deitada na relva olhava para o céu, tinha certeza de que, para além das nuvens, havia outros amigos, outra casa, outro mundo melhor.

A minha vida foi marcada por mortes dolorosas desde criança. As Almas destas pessoas amadas que deixaram este mundo apareceram-me, às vezes, em lugares diferentes, mas sempre na Luz e com um Amor grande e reconfortante.

Quando tinha 24 anos, vivi a experiência do coma e do túnel de Luz. Foi maravilhosa e ao mesmo tempo lacerante.

Foi uma experiência maravilhosa, porque foi uma confirmação desse mundo que percebi quando era criança, e porque eu senti o Amor verdadeiro, a grande paz, o êxtase.

Foi uma experiência muito dolorosa, porque era como ir para Casa, uma casa cheia de Luz, Amor e paz e então ser levada novamente para ser catapultada a um mundo que nunca tinha sentido meu e onde me sentia tão desconfortável.

Naquele tempo, fiquei muito desorientada, porque não sabia nada sobre o coma e temia compartilhá-la.

Fiquei com uma nostalgia profunda e indescritível que levou anos antes de ser aceite e amada por mim.

A experiência do túnel da Luz abriu uma porta grande no mundo da Luz, do Amor e da paz.

Desde então, os Anjos acompanhavam-me. Almas que desejavam trazer uma mensagem de Amor ou de ajuda para os seus entes queridos.

No início, estava muito relutante em fazer isso, porque era difícil e embaraçoso para mim, especialmente com estranhos.

Mas os Anjos ajudaram-me muito, porque estas Almas deixam os seus entes queridos reconhecê-los através de alguns detalhes que só a pessoa amada sabia.

Tive a mesma relutância e embaraço, mesmo quando os Anjos me deram os primeiros channeling, porque me senti inadequada.

Fui capaz de superar esta relutância somente após ter recebido a confirmação da ajuda e Amor contida nas palavras dos Anjos ou nas mensagens das Almas voadas para outras Dimensões.

Eis porque tenho um imenso respeito por estes Mundos que são Mundos Sagrados e ainda desconhecidos para mim, só pela sua magnitude e vastidão.

Portanto, sempre permaneci só em acolhimento de coisa e de Quem vem de estas dimensões.

Nunca tentei cruzar os seus limiares, mesmo que quisesse estar perto das Almas que partiram deste mundo e que amei e ainda amo cada vez mais.

Isto aconteceu mesmo quando me senti capaz de superar a minha relutância e ultrapassar o meu sentimento de inadequação que, no entanto, ainda tenho.

Os Anjos e estas Almas ajudaram-me a viver a relação com Eles de uma forma simples e natural, como uma criança.

Sinto-me imensamente amada, suavemente ajudada, protegida, reassegurada, apoiada, sustentada e acompanhada ininterruptamente, em tudo; em grandes e pequenas coisas do quotidiano, na vida.

É por isso que eu me sinto honrada e muito feliz quando Eles se fazem ver e sentir mais intensamente.

Mas nunca vou pedir isso, porque tenho certeza das suas presenças incessante.

Ensinaram-me a pedir a Sua ajuda mesmo nas coisas pequenas, aparentemente triviais e práticas e isso deixou-os ajudar-me ainda mais.

Eu faço isso e é uma confirmação da Sua presença constante e da Sua ajuda, da Sua proteção e, acima de tudo, do Seu Amor profundo.

Muitos choques, eventos fortes e experiências muito dolorosas aconteceram na minha vida, mas eu fui capaz de superar tudo graças aos Anjos que ainda me oferecem o sentimento maravilhoso de ser uma criança nos Seus braços.

Isso leva-me a ser cada vez mais apaixonada com a Grande Luz e pelos Anjos.

Estou-Lhes imensa e incessantemente grata porque me deram a oportunidade de conhecer a maior fonte de satisfação e felicidade: oferecer minha vida à Luz, ao Amor, estar ao ‘Serviço’ da Luz e do Amor, dando-me às Almas que eu encontro.

Acompanhei e estou acompanhando pessoas no 'Despertar' da Alma e no caminho de crescimento pessoal.

Fiz e faço atualmente isso mesmo com um grupo.

Ando com eles intensa e alegremente ao longo de um Caminho que nos levou a viver experiências inacreditáveis em lugares diferentes.

Falei sobre esse Caminho no artigo anterior.

Estou muito grata aos Companheiros do Caminho que me permitiram crescer na arte de ajudar, de aprender como amar, ajudar, sustentar, reassegurar, respeitando as escolhas de cada um.

Graças a eles, percebi o equilíbrio necessário no dar-se incessantemente e ininterruptamente, mas deixando os outros livres em tudo, até mesmo nas escolhas que podem fazê-los sofrer.

Com os Anjos, redescobri minha Essência de criança e, como uma criança, eu ando feliz no mundo, apertando as Suas mãos nas minhas.

Todas as manhãs, peço-Lhes que me levem onde preciso estar, para me ajudar a fazer o que tenho cumprir para estar ininterruptamente ao 'Serviço' da Luz e do Amor, para ser um 'Meio' e 'Dom' para Eles e para realizar o desenho da minha Alma.

Isto leva-me a viver totalmente abandonada e feliz por colaborar com Eles em tudo, por todos e para todos.

Foi e ainda é uma imensa alegria colaborar com Eles no criar os livros que coletam as Suas mensagens e assim doar os as Almas.