Quer mudar de vida?

Mude o seu enquadramento

12 NOVEMBRO 2016,
Desenhar um sorriso
Desenhar um sorriso

Conheço várias pessoas descontentes com a vida que têm. Quem não conhece? Em conversas, fui-me apercebendo de uma caraterística comum a quase todas elas: o enquadramento em que vivem. Ora o que é isso do enquadramento? O enquadramento é a moldura através da qual vemos a nossa vida. Como uma máquina fotográfica, que escolhemos apontar para um lado e focar num determinado local, excluindo tudo o resto. Quando o fazemos, não estamos a pensar em tudo o que decidimos deixar de fora da fotografia, estamos concentrados no enquadramento que escolhemos. Quase como se o que ficou de fora não fosse uma escolha nossa, e é.

Enquadramentos herdados ou impostos

Para complicar mais a situação, no que respeita à nossa vida, por vezes a escolha desse enquadramento não foi totalmente ou mesmo nada consciente. Há padrões impostos pela sociedade, influências externas de familiares e amigos que, embora muitas vezes bem intencionadas, se tornam limitadoras. Assim, existem dois tipos de pessoas, as que nunca olham à volta, à procura de um cenário melhor para a sua vida, e as que conhecem cenários melhores, mas não acreditam que possam viver neles.

Quem cresceu a acreditar que a única maneira de ganhar dinheiro para viver ou sobreviver é trabalhar arduamente 8 ou mais horas por dia, fechados num escritório, ou em horários rotativos dentro de uma loja de shopping, vai assumir que é isso que tem de fazer com a sua vida. Mesmo conhecendo casos de pessoas que ganham quantias bem mais avultadas de dinheiro com atividades que lhes parecem mais interessantes e com uma maior liberdade de horários, descartam essa possibilidade, porque só 1 em 1000 ou em 1.000.000 é que conseguem ter sucesso com isso.

1 num milhão

E porque é que esse 1 não há-de ser você? Sim, você. Você que se calhar até joga no Euromilhões todas as semanas, com esperança que lhe saia a sorte grande. E olhe que a probabilidade de ganhar o Euromilhões é só de 1 em 116.531.800, de acordo com o euromilhoes.com. A diferença é que para jogar no Euromilhões, só tem de despender 2,50€ e ir ver o resultado, às terças ou sextas à noite. Já para mudar de vida tem de acreditar que é possível ter a vida dos seus sonhos, tem de acreditar que é capaz e que merece essa vida. E tem de lutar arduamente por ela, correndo o risco de falhar uma e outra vez até conseguir o que quer. Tem de pôr a sua cabeça, o seu coração e a sua alma no que quer alcançar e arriscar a desilusão de não conseguir. E de aprender que só porque não conseguiu desta vez ou de todas as anteriores, não quer dizer que não vai conseguir nunca. É como no Euromilhões, não ganha sempre que joga. Para ter a vida que deseja, aprenda com todas as falhas e levante-se sempre para tentar mais uma vez. Foi assim que a grande maioria das pessoas que têm a vida dos seus sonhos lá chegou.

Olhe em volta

Levante a cabeça da sua vida e olhe em volta. Consegue ver alguma forma de ter uma vida melhor do que a que tem? Se não lhe surge nenhuma, faça alguma pesquisa: como é que as pessoas que vivem a vida que deseja lá chegaram?

Não descarte já este artigo dizendo que não pode ter a vida que quer porque não nasceu rico, nem com pais influentes que lhe abrissem as portas todas. É muito mais fácil dizer que a culpa é das circunstâncias e nem sequer tentar, mas não vai mudar de vida se continuar a pensar assim. Há muitos milionários que nasceram pobres, pesquise.

Quer ter a sua própria empresa, veja como Belmiro de Azevedo, filho de um simples carpinteiro e de uma costureira, conseguiu tornar-se um dos homens mais ricos de Portugal, ou como Robert Herjavec, refugiado da antiga Jugoslávia nos Estados Unidos, vingou e se transformou num milionário.

Quer trabalhar na indústria do entretenimento? Acha que já não tem idade para isso? Veja os casos de J. K. Rowling, autora de Harry Potter; de Vera Wang, a estilista que só começou a sua carreira na moda depois dos 40 anos; de Morgan Freeman, ator e produtor, que mudou drasticamente de carreira, para só atingir o sucesso como ator aos 50 anos.

Quer viajar pelo mundo, sem um posto de trabalho fixo? Veja alguns casos de sucesso no site Nômades Digitais.

Comece hoje a mudar o seu enquadramento

Agora que já consegue ver mais além do que a sua realidade, comece a mudar de enquadramento. Aponte a lente da sua mente um pouco mais na direção do que realmente quer. Mesmo que seja só um pouco, apenas uns centímetros de diferença, até se sentir pronto para uma nova mudança. Acredite que é possível, que é capaz e que merece conseguir. Se der um passo de cada vez, chega mais longe do que se continuar enterrado nas suas tarefas quotidianas, a queixar-se da vida que tem, sem sair do sítio. Que pequeno passo pode dar já hoje para se encaminhar na direção do que quer?