Um tipo de magia

O começo de um novo ano é o momento de despertar as harmonias secretas

11 JANEIRO 2017,
Mulher fazendo ioga
Mulher fazendo ioga

…Esta chama que queima em mim

Estou ouvindo harmonias secretas
É um tipo de magia
O sino que toca em sua mente
É um desafio às portas do tempo…

(A kind of magic; Queen)

De facto, a música dos Queen, A kind of magic, possui uma letra maravilhosa que faz com que eu deseje que seja uma bússola para 2017!

É tempo de escutarmos as nossas harmonias mais secretas; o nosso fogo que arde sem se ver; de ouvirmos a fada sininho e a Rainha das varinhas que têm o condão de nos fazer sonhar mais alto!

É tempo de desafiar o Tempo e destapar a eternidade dos nossos actos mais solidários, mais humanitários, mais fraternos; os que ficam para a História, nos registos akáshicos universais.

Debrucemo-nos na Varanda das nossas casas para conseguirmos ter outra perspectiva do mundo e depois olhemos para o céu. Compreendemos que estamos entre a terra e o céu e muito mistério nas nossas vidas.

Percebemos que a nossa história de vida se cruza com tantas outras, do mundo terreno e do mundo espiritual; contamina outras vidas e que há ainda o “ Dedo” do Universo em tudo o que tocamos, fazemos ou dizemos…

Então, tenhamos cuidado com o Verbo, com as palavras que tanto elevam a nossa alma ao Paraíso como a enterram no poço mais profundo!

Olhemos para a palma das nossas mãos, especialmente para a linha do coração. Que rumo leva essa linha? Para onde e por onde nos levam os nossos afectos? Será que temos consciência das nossas emoções? Como elas surgem? E como diferem dos sentimentos?

Façamos dos restos mortais da ira, da raiva, do ódio, do medo e da inveja, adubo para florescer Alegria, liberdade, generosidade, riso e abundância!

Que as salamandras, os elfos e as ondinas festejem o renascimento de um Ser humano que faz triunfar o Si, dentro do Mesmo! Sim, o Si, essa nota de tonalidade violeta que ocupa o chacra coronário e se relaciona com sétima glândula - hipotálamo - que atua sob o comando da vontade.

Que a nossa força de vontade transborde de harmonia e magia em 2017!

2017, o ano do Mago, o que tudo transforma, recria, inova; o Mago que nos relembra que temos na nossa mão tudo aquilo de que precisamos para sermos bem sucedidos, tendo também a competência e a habilidade mental necessárias para alcançarmos as metas que ambicionamos, aureoladas de um poder benigno: o poder de Saber Ser.

Que as varinhas de condão se agitem sob a forma de “ Dedos no Ar”, porque todos temos magia própria e histórias de sonho para contar!