UTI - Unidade de Terapia Intensiva

3 — 9 dez 2014 no Condomínio Cultural em São Paulo, Brasil

Cortesia de Ricardo Woo
Cortesia de Ricardo Woo
25 NOV 2014

A 1.ª Mostra de Artes do Condomínio Cultural tem abertura no dia 02 de dezembro de 2014, (terça-feira), às 19h, na Vila Anglo Brasileira (zona oeste), em São Paulo. Intitulada “UTI - Unidade de Terapia Intensiva”, a mostra surgiu com o propósito de apresentar os trabalhos de artistas que de alguma forma participam, participaram ou simpatizam com a proposta do Condomínio Cultural (condominiocultural.org.br). O evento acontece gratuitamente de 03 a 09 de dezembro de 2014 com uma diversa programação cultural.

Abarcando diversas áreas, como artes plásticas / música / artes cênicas / dança / gastronomia / artes visuais, o evento tem como ideia articular uma rede de "amigos do Condô" para dar apoio a estruturação e equipamentação do espaço, assim como ampliar sua equipe de profissionais e promover novas atividades, possibilitando a abertura das portas da casa ao público em geral em 2015.

Entre amigos

A campanha da rede “amigos do Condô” seguem quatro mecanismos distintos, como:

  1. Adote o m2 (R$ 50,00 mês x m2). A foto do doador ficará num ambiente virtual, no(s) metro(s) quadrado(s) adotados, na planta do espaço.
  2. Vendas de obras artísticas. Obras doadas por artistas serão vendidas durante o evento
  3. Uso do espaço: compre horas que poderão ser utilizadas em 2015, conforme agenda do espaço. R$ 100,00 o período de três horas.
  4. Adote um espaço (biblioteca, oficina, estúdio de áudio, cozinha). Financiamento coletivo que possibilitará o funcionamento de cada um desses espaços.

Cada doador “amigo do Condô”, irá receber os relatórios mensais com os dados das atividades, público atendido e receita/despesas, além de receber um anuário no final de 2015, quando acontecerá a 2.ª Mostra de Artes do Condô.

Dia de Doar

Convenientemente a abertura se dará no #diadedoar, quando organizações de todo o país vão realizar ações para promover a cultura de doação. O #DiadeDoar inspira a filantropia pessoal e encoraja doações maiores, melhores e mais inteligentes durante a época de festas, mostrando que o mundo, de fato, doa da melhor forma possível. Terá, pela primeira vez em 2014, o apoio do movimento internacional #GivingTuesday.

O Condomínio Cultural, no Brasil, é a única instituição de âmbito artístico que participa do dia. Saiba mais aqui: www.diadedoar.org.br

Artes plásticas

Uma reunião de diversas obras de artistas que já passaram ou que estão no Condomínio Cultural, seja pelos ateliês abertos ou pelas residências artísticas desde o início do espaço no final de 2010, será mostrada. Uma parte da mostra é composta por obras cedidas por artistas convidados e que serão vendidas durante a ação para arrecadar fundos para manutenção do local. As quatorze salas de ateliês também estarão abertas a visitação do público, criando uma interação completa do que é produzido nas dependências.

Ana Zveibel, Associação Massa Falida, Celso Gitahy, Cesar Garcia, Daniel Caballero, Denise Kuperman, Elen Gruber, Francesco di Tillo, Francisco Hurtz, Gal Oppido, Heraldo Candido, Iran do Espírito Santo, Jaime Prades, Karolina Who e Mathiza, Léo Sombra, Leticia Rita, Luciene Lamano e Magali Bragado, Maíra Dietrich, Manu Romeiro, Maurício Písani, Newman Schutze, Núcleo Tenonderã Ayvu, Ricardo Woo, Sol Casal, Vitor Zanini e Zé Naklem.

Apresentações

Teatro experimental, novas propostas cênicas e circo fazem parte da programação do evento. Muitos são artistas residentes ou trabalho resultado de oficinas realizadas no Condomínio Cultural e outros, convidados especialmente para a ocasião.

Música

Buscar uma relação entre música, dança e artes plásticas. Esta é o mote de algumas das apresentações musicais que vão ocorrer no evento.

Gastronomia

Cada dia do evento, o cardápio do bar muda conforme a concepção de um chef convidado, resultante do projeto já vigente no espaço chamado Quórum Mínimo, um evento gastronômico onde o cardápio é concebido a partir de temas levantados nos próprios jantares, mas sempre fugindo do convencional, assim como os 7 primeiros jantares realizados: ‘Azul e molhado’; ‘Esquerda e direita’; ‘Ame-o ou deixe-o’; ‘Peteleco de quatro’; ‘Inadimplência’; ‘O cru e o cozido’ e ‘O ontem e o hoje’.

Condomínio Cultural

O Condomínio Cultural Mundo Novo é uma associação dedicada a criação, experimentação e manifestação artística. Qualificada como uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público – OSCIP, realiza projetos, encontros, abertura de processos e outras atividades em parceria com diferentes instituições, espaços e pessoas.

A ideia da criação do espaço surgiu a partir da idealização dos empreendedores culturais Géssica Arjona e Kako Guirado, que no final de 2010 reuniram pessoas com os mesmos ideais, interessadas em criar um espaço de liberdade onde fosse possível fazer o que se quer.

Localizado entre os bairros da Pompéia, Vila Romana e Vila Madalena (zona oeste de São Paulo), um antigo hospital abandonado por 15 anos tomou vida e ganhou vocação de ser um ponto de encontro e colaboração entre diferentes pessoas.