Homens decentes

E as mulheres presentes

1 MARÇO 2017,
Charlot não era um macho alpha, mas às vezes obtinha algum sucesso com as mulheres
Charlot não era um macho alpha, mas às vezes obtinha algum sucesso com as mulheres

Eu acredito que as mulheres não sejam interesseiras. Deus me livre eu afirmar isso. Eu poderia até começar uma terceira guerra mundial com esta afirmação. Porém, finalmente consegui compreender porque as mulheres buscam os homens com largas contas bancárias, com carrões importados, com espaçosas casas, com roupas finas e com uma extensa lista de bens.

As mulheres procuram pelo macho alpha. Isso está intrínseco na natureza animal do ser humano. Na natureza, a fêmea sempre procura pelo macho que se destaca no bando denominado por macho alpha. Aquele que todos os outros do grupo também querem ser como ele e possuir as mesmas qualidades e atribuições.

Na sociedade moderna, consciente ou inconscientemente, isso se reflete na consumo de bens. O macho que possui a maior casa, o maior carro, o melhor corpo, a melhor graduação, indiretamente, faz uma relação com o sucesso. Teoricamente se o macho possui uma maior quantidade de atributos é porque ele possui uma capacidade maior de adaptação e de sobrevivência. Teoricamente, ele ralou muito mais que os outros, e pelas leis da natureza isso fez dele mais forte em relação aos outros machos, sendo visto como o ideal de genética para a procriação e para seleção natural. Teoricamente, ele é mais forte, mais apto e mais evoluído.

As mulheres dizem que almejam ter ao seu lado um homem sensível, romântico, compreensivo, sincero e que partilhe suas emoções. Entretanto, isso é apenas um desejo racional (ou uma imagem vendida pelos filmes de Hollywood), porque estes atributos muitas vezes são vistos como fraqueza. No fundo, o que as mulheres realmente buscam é um macho que lhes transmita a confiança, a estabilidade e a segurança de um futuro para ela e sua prole.

O homem que revela seus verdadeiros sentimentos, que chora ao ver filmes de drama e romance, que se emociona com pequenos momentos, que é sincero no seu jeito de ser e é verdadeiro na sua imagem com o mundo, é visto como um fraco. Ele é visto como um fraco porque é um forte candidato á um dia poder entrar em crise pessoal. E se o macho alpha entrar em crise, não haverá ninguém para manter a segurança e a estabilidade do lar.

É neste ponto que os machos alpha se sobressaem em relação aos demais do bando. Eles são confiantes, seguros, totalmente frios e calculistas. Sem deixar transparecer seus verdadeiros sentimentos para que ninguém saiba de verdade quem são. Entretanto, a força que aparentam ter não é demonstração de caráter, e sendo totalmente dominados pela sua própria natureza animal, não possuem a capacidade de discernimento em relação aos verdadeiros valores.

Como são machos alpha, é normal e natural que precisem de mais de uma parceira para procriação, procurando por outras fêmeas aptas á sua conquista, á sua dança do acasalamento. É normal que abandonem seus filhos quando estes atingem determinada idade, porque na natureza é cada um por si e Deus por todos, e somente o mais forte sobrevive.

As mulheres alegam que querem os homens decentes. Mas os homens decentes muitas vezes não são os machos alpha do grupo. Não são os mais bonitos, nem os mais fortes, tampouco os mais ricos. E mesmo que por algum motivo lhe fosse chamado à atenção das mulheres, o homem decente não iria querer ter nenhum tipo de relação com a mulher comum, porque os homens decentes procuram pelas mulheres presentes.

O homem decente não tem medo de chorar, não tem medo de revelar seus medos, suas inseguranças, seus piores pesadelos e crimes já cometidos. Ele não tem medo de ser verdadeiro porque sabe que somente assim encontrará os verdadeiros amigos e amores. Afinal, somente os que lhes amam pelo que ele é estarão próximos. E principalmente, não tem medo de entrar em crise porque sabe que a mulher pela qual procura é tão forte quanto, e que ela pode assumir as rédeas pelo período que for necessário. A família não é dependente somente dele, e sim deles. A vida não é apenas de um, e sim dos dois.

Os homens decentes não almejam as mulheres comuns porque sabe que elas são tão fracas espiritualmente quanto seus parceiros desejados, e que se um dia dependessem delas para assegurar a segurança da prole, poderiam se considerar extintos.

Os homens decentes não perdem seu tempo com a mulher comum, porque sabe que ela não deseja um cavalheiro que abre a porta do carro ou um romântico que escreve poema e manda flores. Ele sabe que a mulher comum gosta de caras malvados, grosseiros, que não compreendem seus sentimentos e as tratam como lixo não lhes dando o devido valor – o que pensando melhor agora – talvez lhes deem o verdadeiro valor que mereçam. Porque a mulher comum não é como a mulher presente. A mulher comum não se importa de ter que engolir seja-lá-o-que-for, em troca de bem-estar e estabilidade.

E é por isso que os homens decentes buscam somente as mulheres presentes. E também é por isso que somente as mulheres presentes encontram homens decentes. Porque tudo neste mundo se aproxima por afinidade, e nós atraímos aquilo que está em harmonia conosco.