Ladies Open: Campo Real repete

Circuito profissional europeu feminino regressa ao Oeste de 23 a 26 de Junho.

6 ABRIL 2011

Na semana em que a empresa de consultoria Delloitte divulgou um estudo sobre o impacto económico de uma eventual vitória da candidatura de Portugal à organização da Ryder Cup de 2018, acabaram as dúvidas sobre os benefícios que o golfe internacional traz ao turismo.

O golfe, contudo, também irá sentir a crise em 2011. O European Tour – a I Divisão do circuito europeu – divulgou o seu calendário para a próxima época e deixou o Estoril Open de Portugal de fora.

Em 2011, manter-se-ão no European Tour o Madeira Islands Open BPI Portugal, de 19 a 22 de Maio, e o Portugal Masters, de 13 a 16 de Outubro, provavelmente no Porto Santo Golfe e no Oceânico Victoria em Vilamoura.

Em Abril, será anunciado o nome do país organizador da Ryder Cup 2018 e se Portugal (FPG) vencer poderá haver novidades nos calendários do Challenge Tour (II Divisão) e do European Seniors Tour (veteranos).

A outra grande prova do golfe português, a mais importante no sector feminino, é o Portugal Ladies Open.

O Ladies European Tour (circuito europeu feminino) ainda não publicou o calendário de 2011, mas o Correio Sport sabe que o promotor do torneio, António Carmona Santos, reservou as datas de 23 a 26 de Junho, mantendo o prémio monetário de 200 mil euros, com os apoios do Turismo do Oeste e do Turismo de Portugal, além do importante patrocínio do CampoReal, que será anfitrião pelo segundo ano seguido. A OIH voltará a ser um dos parceiros media.

"As jogadoras tiveram uma reacção muito positiva. Gostaram de jogar no CampoReal e adoraram o hotel e demais infra-estruturas", disse Carmona Santos, que elogiou a "cooperação do Turismo do Oeste e do CampoReal na divulgação internacional de um ‘resort’ e de uma região que percebe a importância do Portugal Ladies Open para uma estratégia de maior exposição".