Transforma com o teu superpoder

Um movimento para aumentar a taxa de voluntários em Portugal

12 JUNHO 2016,
Poster do Movimento Transformers
Poster do Movimento Transformers

Superpoderes são coisas para super-heróis, certo? Banda-desenhada e cinema, ficção. Bem, não de acordo com João Rafael Brites. Ele é um Transformer e para ele todos nós temos superpoderes. Quer descobrir qual é o seu?

O Movimento Transformers

O Movimento Transformers é um movimento de voluntariado onde cada um descobre, partilha e ensina à sua comunidade o seu superpoder. E o que é então um superpoder? É aquilo que mais gostamos de fazer. O nosso hobby, o nosso trabalho, seja o que for que gostemos e saibamos fazer e que possamos ensinar às pessoas da nossa comunidade. Se ainda não sabe qual é o seu, pode descobri-lo e aprendê-lo numa das Escolas de Superpoderes a funcionar pelo país.

A missão do Movimento é aumentar a taxa de voluntariado em Portugal de 15% em 2014 para 50% em 2020. E isso é importante porque estão a fazê-lo envolvendo as pessoas umas com as outras, com as suas comunidades. Diminuindo a indiferença, a apatia e o isolamento social. Além disso, estão a abrir horizontes, a permitir que as pessoas tenham contacto com novas atividades e descubram o que mais gostam de fazer.

Na base deste movimento está a crença que a grande maioria das pessoas tem vontade de transformar, e está apenas à procura do seu superpoder. Qualquer pessoa pode ser um transformer, garantem. O que define os transformers é usarem o seu talento, ou superpoder, para melhorar o mundo. Por isso têm na associação b-boys, skaters, poetas, músicos, bailarinos, futebolistas, traceurs, chefs de cozinha, programadores, pintores, lutadores, jogadores de xadrez, atores, ilustradores, ciclistas, exploradores, tenistas, inventores, e muito mais.

O início

O Movimento teve início há mais de 5 anos, com um grupo de breakdance em Palmela, os In Motion, de que o João Rafael Brites fazia parte. Enquanto treinavam nos parques da vila, perceberam que podiam fazer a diferença na sua comunidade, dando workshops e espetáculos informais aos mais jovens, que se juntavam a eles e aprendiam com os mais experientes para depois poderem ensinar os mais novos.

Através do programa Global Changemakers, representaram as gerações futuras no Fórum Económico Mundial de 2010, em Davos, onde tiveram a oportunidade de apresentar o projeto a Bill Gates e vários outros líderes mundiais. Foi aí que surgiu pela primeira vez o nome Transformers e a Associação Juvenil Transformers foi oficialmente constituída a 31 de Agosto de 2010.

Desde então, já mobilizaram mais de 140 mentores que ensinaram mais de 1840 aprendizes em mais de 4860 horas de aulas e treinos gratuitos. 97% dos mentores e 77% dos aprendizes continuam a fazer voluntariado, dentro do Movimento ou noutras associações. E 80% dos aprendizes dizem saber melhor agora o que querem fazer na vida.

As Escolas de Superpoderes

Para que mais pessoas possam descobrir e aprender novos talentos desenvolveram a metodologia das Escolas de Superpoderes. Uma Escola de Superpoderes é um espaço onde qualquer pessoa pode descobrir os seus talentos ocultos, aprendê-los com mentores e usá-los para transformar a sua comunidade. Estas escolas podem funcionar em qualquer lado: numa escola, num pátio ou garagem, até mesmo numa prisão.

Até ao momento estão em atividade 7 Escolas de Superpoderes de Norte a Sul de Portugal e o Movimento está à procura de mais ativadores, pessoas com garra que queiram iniciar a sua própria Escola.